Páginas

28 de out de 2016

BANQUETEIAM-SE Que festa de arromba Se vestem de urubus Cada qual no seu salteado. São os urubus reis no planalto do engenheiro Oscar Niemeyer projetou uma cidade para os verdadeiros presidentes e o povo brasileiro. Mas lá um só entendeu a Fome Zero deixou no seu lugar sua sucessora os urubus reis a afastaram. Truculentos devoram camarões canapés bebem vinhos proteínas da democracia da República Federativa do Brasil. Na Santa Eucaristia Jesus fez a partilha do pão e vinho pediu que dessem aos famintos. E esses ralés larápios comem as carnes dos pais de família bebem o sangue das criancinhas. Não o entenderam Num madeiro o colocaram. Do alto enquanto o Cristo murmurava Perdoai-os.. uma espada lhe cravaram. Dói e dói muito nos corações dos desafortunados. Indiferentes e frios prosseguem mesmo que encharcados de carniças. PARABÉNS PRESIDENTE LULA HOJE E SEMPRE..

Nenhum comentário:

Siga-me por e-mail