Páginas

12 de out de 2016

COMO TUDO ...

COMO TUDO... passa por transformações, nossa Língua Portuguesa, originou-se em pagos de nossos irmãos de além mar. É falada em vários lugares do nosso mapa mundi, por raças diferentes. Faço um grifo: por ricos e pobres. No seu nascimento era tão pobrezinha e feia, pois não carecia de gramáticos. Porém, teve seu período de esplendor, como até os dias de hoje. Mas isto, está se perdendo como tudo: tem seu início, meio e fim. Não vem o caso os méritos e nem os deméritos. Meu objetivo, de acordo com os fatos e acontecimentos que estão ocorrendo de maneira acirrada, por cidadãos controversos nas suas manifestações justas, porque dentro de uma democracia, e liberdade de expressão, no momento tudo está podendo de ambos os lados, pela tomada do PODER. Vejam a Revista VEJA autoritária e antidemocrática, extensão da TV GLOBO. No seu artigo para justifica a tomada do poder por um usurpador, valeu-se de uma frase discriminatória, terrível, para ferir, diminuir, e ferrar com a Constituição, a Democracia para afastar uma Presidente legitimamente eleita. Selecionando a MULHER, passível de abusos e violências. Essa quadrilha são Criminosas e fraudulentas, distorceram tanto jogando nuvens sobre STF, que a todo o momento gaguejava que estava cumprindo as normas e preceitos, quando esse Impeachment, nada provou contra a mulher, o partido do PT e Lula, alvo, de um jogo de arremesso, para conseguir o centro e o coração do maior líder que a América Latina teve contra a fome e, a má distribuição de renda. Vejam, em algumas décadas, se nada fizerem nosso meio ambiente que vem há séculos depredados, e as três raças que vergaram suas cabeças e joelhos a submetidos e vergastados pelos donos do poder, contumazes mandatários, se não forem afastados. Vamos corrigi-los. Sabemos que por séculos, negros, índios e brancos pobres alavancaram a Economia do nosso País. Querem-nos novamente no tronco.

Nenhum comentário:

Siga-me por e-mail