Páginas

6 de mar de 2016

"POR ISSO OS ANTIGOS SABIAMENTE PINTARAM O AMOR MENINO, porque não há amor tão robusto que chegue a ser velho". Pe Vieira (escola barroca)

O homem da caverna não conhecia a escrita, não sabia ler. Mas observava o universo, as estrelas, por extinto de sobrevivência e conservação, temia: as forças ocultas, as feras, as doenças. Por instinto e observação, entendia as leis naturais: o que era bom ou mau. O mundo evoluiu, mas o homo sapiens, os de toga e canudo, sentaram-se sobre suas próprias vaidades. Os q conquistaram o poder, se acham acima do bem e do mal. Fazem guerras pq matar, é um direito de defesa contra seus interesses de uma minoria privilegiada, e nessa justificativa, o leque de ferramentas, é incalculável. Usam comumente a própria fala, pois são articuladores e papagaios, precisam implantar suas doutrinas, vou fazer minha, uma expressão do ex presidente Lula, (vira-latas inconsequentes) Não sei se me socorro em Catilina, ou no homem da Caverna, acho q no último. Sou amante da vida, do respeito e da natureza em flor. Parabéns aos generosos, que se tratam como humanos, passíveis de erros, porém, dignos do amor divino.

Nenhum comentário:

Siga-me por e-mail