Páginas

14 de nov de 2016

QUE SEJA UM DIA A MINHA LÍNGUA UMA CANETA / AS MINHAS MÃOS MORTAIS / MEUS ATOS E MINHA AÇÃO / AS LINDAS METÁFORAS MINHAS VESTES / QUE EU JAMAIS NUNCA DESPREZE OS ANACOLUTOS / QUE AS VAIDADES NÃO ME AFUNDEM NAS PROCELAS DAS HIPÉRBOLES / QUE OS TEUS FURACÕES NO MEU ROSTO SEJA A BRISA QUE PASSA / QUE UMA ONOMATOPEIA SEJA MEU URSINHO DE ESTIMAÇÃO / E O PÃO QUE O DIABO AMASSOU SEJA ASSADO NO FORNO DO HADES / QUE A FERA FERIDA SEJA MINHA AMIGA MINHA IRMÃ / QUE TUAS LEIS DIVINAS TODAS DO UNIVERSO SEJAM OUVIDAS E OBEDECIDAS PARA QUE A TERRA TODA SE ENCHA DE LEITE E MEL E QUE SEUS CIDADÃOS TODOS RECEBAM O ANEL COM PROMESSAS DE AMOR DE AMAREM-SE MUTUAMENTE RESPEITANDO OS DIFERENTES E AS DIFERENÇAS.

Nenhum comentário:

Siga-me por e-mail