Páginas

28 de jan de 2016

A ESPERANÇA NÃO DESISTE NUNCA
Jovens condenados por seus ardis pecaminosos
Nasceram bebês inocentes e os perversos do mundo
Escreveram com grafites maldosos, na tábua branca de suas testas,
Ardis cruéis de escravidão.
A eles deram de beber do elixir contaminado de suas perversidades
Cortaram suas asas, e até os dias de hoje, os aprisionam em gaiolas fétidas
como pássaros mortos.
São os comandantes do mundo, que somente são dignos de todos os
privilégios e algemam suas almas e corpos.
Tolhem-lhes os passos. São os verdadeiros inúteis, sementeiras do mal,
Ervas daninhas, que espalham pelo mundo urzes e espinhos como os cravos,que Jesus no madeiro pregaram. Mas surgirá um novo amanhecer e esses passarinhos vão nos trazer, um mundo melhor nos seus barquinhos, agora mesmo nesse porvir..
Porque pra Deus nada é impossível. A esperança é uma menina loira de olhos azuis, e de tranças. Carinhosa, terna e gentil.

Nenhum comentário:

Siga-me por e-mail